(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Cirurgias pediátricas tem fila de espera reduzida

Saúde Comentários 18 de agosto de 2017

Este ano, já foram realizados mais de 140 procedimentos diversos em crianças


Já medicado, o garoto J.B.N., 4, demonstrava tranquilidade, ao entrar no centro cirúrgico do Hospital Evangélico, para realizar a cirurgia que resolveu de vez um problema de fimose que o acometia há tempos. Mais sete crianças, encaminhadas pela Secretaria Municipal de Saúde, passaram por procedimentos eletivos, no final da última semana. Eles completaram uma lista de 144 atendimentos pediátricos, somente neste ano, desafogando a fila de espera, que só aumentava nas gestões anteriores.
Leonete Barbosa, 38, mãe do menino, que trabalha como porteira, conseguiu o agendamento para a cirurgia do filho, depois de ficar sabendo que a Prefeitura estava cadastrando, há 20 dias. No entanto, não se esquece que há luta começou há 4 anos. “Já estava pensando no que fazer para conseguir fazer o tratamento em um hospital particular”, disse aliviada.
O caso, como tantos outros, só encontrou resposta do poder público municipal, depois que a Prefeitura iniciou o enfrentamento deste tipo de gargalo, há cerca de dois meses. Antes, o sofrimento prevalecia. Maria das Neves, 30, teve que deixar o emprego de vendedora para se dedicar exclusivamente ao filho, C.R.F. de um ano e sete meses, que sofria de uma hérnia. Para ela, o sofrimento chegou ao fim. “Não tinha como resolver de outra forma”, admitiu.
O cirurgião pediatra, Olegário Vidal, médico há 27 anos, informa que todos os procedimentos realizados foram bem sucedidos e fazem parte de um esforço concentrado para esvaziar a fila de cirurgias eletivas que ainda é grande, no município. “Isso vem de encontro ao programa de governo do prefeito Roberto Naves. A ideia é dar celeridade aos procedimentos”, comentou.
Já a secretária municipal de Saúde, Luzia Cordeiro, afirmou que o governo municipal está dando prioridade às políticas de saúde no município. Segundo ela, a saúde se faz com urgência e com excelência. “É muito bom ver o sorriso no rosto destas mães", admitiu.

Autor(a): Da Redação

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Saúde

Dor de cabeça pode ser motivada por abuso de analgésico

18/10/2018

Um tipo de cefaleia desconhecida pela população, mas cada vez mais frequente nos consultórios médicos, é a dor de cabeç...

Alunos da Rede Municipal colaboram nas informações contra o Aedes aegypti

18/10/2018

Reduzir ainda mais os casos de dengue em Anápolis, que já tiveram uma queda de 86% nos últimos dois anos é o objetivo da ...

Agentes do Estado se mobilizam no combate ao mosquito da dengue

18/10/2018

Começou na última quarta-feira, 17, a vistoria dos imóveis residenciais e comerciais de todo o Estado, por equipes de agen...

Alunos e professores da UEG discutem alimentação saudável

18/10/2018

A Coordenação de Desenvolvimento Humano da Pró-Reitoria de Planejamento e Desenvolvimento Institucional da Universidade Es...