(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Humanização do atendimento é meta de programa inovador

Cidade Comentários 06 de setembro de 2018

Atendimento 24 horas tem novo “aliado” para dar mais agilidade ao atendimento de pacientes


Uma cólica renal levou Leila Evangelista, 49, pela primeira vez à Unidade de Pronto Atendimento – UPA 24h. No caminho pensava que iria ficar horas esperando. “Eu não sabia o que era pior. A dor ou a ansiedade em imaginar a espera”, conta. Mas o que a dona de casa, que mora no Bairro Paraíso, não sabia é que foi implantado em toda a rede de urgência e emergência do município, um serviço para humanizar e otimizar o atendimento. “Não esperei quase nada. Cheguei e a moça já veio conversar comigo, me encaminhou para a triagem, fui medicada e estou bem”, afirma.
Foi para garantir um atendimento rápido e eficaz como o de Leila, que o prefeito Roberto Naves determinou a criação do “Posso Ajudar”, uma ferramenta que tem sido essencial na resposta positiva à população. “Nossa preocupação sempre foi dar rapidez ao atendimento 24 horas, mas com qualidade e acolhimento que o paciente precisa”, ressalta o prefeito.
O programa conta com o trabalho de 20 pessoas, entre técnicos em enfermagem – que atuam em regime de escala - e estagiários do curso de Enfermagem de segunda a sexta-feira. São dois atendentes em cada período do dia nas quatro unidades da rede 24 horas do município: UPA, Hospital Municipal e nos Cais Abadia Lopes da Fonseca e do Jardim Progresso. Foi implantando como piloto na UPA e após o resultado positivo, estendeu-se às demais.
Elcimar Soares dos Reis, que está no 8º período do curso de enfermagem, faz estágio no programa desde janeiro deste ano.” Tenho aprendido bastante. A gente passa a perceber a fisionomia do paciente que chega. Dependendo do grau de dor, vamos até ele e agilizamos a intervenção médica para sanar o problema”, diz. A todo instante, o estagiário é monitorado por um profissional que atua em conjunto. A técnica de enfermagem Laudenora de Macedo que há 30 anos trabalha na rede municipal de saúde destaca que o serviço tem apresentado resultados satisfatórios. “Além de prestar um melhor atendimento, percebemos que os estagiários aprendem o dia a dia da profissão”, salienta.
Segundo o diretor de Urgência e Emergência da Secretaria Municipal de Saúde, Eduardo Sardinha, esse trabalho é para dar suporte a quem busca o atendimento. “Logo de início, o projeto faz a triagem do paciente no acolhimento e encaminha para fazer a ficha”, afirma. Ele acrescenta que, enquanto aguardam o médico, os pacientes são monitorados pelos atendentes do programa que, se perceberem algo diferente, tem a missão de agilizar o atendimento. Além deste acolhimento inicial, eles também ficam circulando pela unidade para orientar e ajudar quem precisa.
O trabalho desenvolvido pela equipe do programa é bem avaliado pelos pacientes que precisam de atendimento e também por profissionais que trabalham nas unidades. O secretário municipal de Saúde, Lucas Leite afirma que a ideia é exatamente essa, de humanização, não somente na rede de urgência e emergência, mas também na atenção primária e especializada. “A finalidade é receber o paciente na porta da unidade, orientá-lo, sanar as suas dúvidas, ajudar no que for preciso”, salienta.


Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

Baixe o PDF de Edições Anteriores

Arte em Propaganda Arte em Propaganda

+ de Notícias Cidade

Sinalização de trânsito é reforçada em toda a Cidade

13/12/2018

A Prefeitura de Anápolis, por meio da Companhia Municipal de Trânsito e Transporte (CMTT), está fazendo uma verdadeira for...

Bairro vai ganhar moderno centro poliesportivo

13/12/2018

Daqui a cerca de três meses, de acordo com prazo garantido pela empresa contratada para execução da obra, os moradores do ...

Anápolis ganha escola com padrões de alta modernidade e tecnologia

07/12/2018

Parece até uma escola particular. E de primeiro mundo. Cada uma das salas da Escola Municipal Luiz Carlos Bizinotto, localiz...

Desestatização de órgãos municipais tranferirá serviços à iniciativa privada

07/12/2018

Através de um Plano Municipal de Desestatização (PMD), a Prefeitura de Anápolis vai transferir para a iniciativa privada ...