(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Prefeitura oferece cursos do Programa Bolsa Futuro

Cidade Comentários 18 de setembro de 2014

Ao todo, estão sendo ofertadas 500 vagas e as inscrições já começaram


A Prefeitura de Anápolis e o Governo de Goiás oferecem vagas para cursos do Programa Bolsa Futuro. As matrículas começam nesta terça-feira, 16, e podem ser feitas na sede da Secretaria Municipal de Trabalho, Emprego e Renda. São mais de 500 vagas oferecidas por meio de uma parceria firmada com a Secretaria Estadual de Ciência, Tecnologia e Inovação, por meio do Instituto Tecnológico do Estado de Goiás – ITEGO.
O programa visa a qualificação profissional e oferta 10 cursos voltados para as seguintes áreas: comércio (Técnicas de Vendas, Secretariado e Rotinas Administrativas, Recepção de Hotel e Atendente de Bar); agronegócio (Reprodução Animal e Produtividade do Gado Bovino Leiteiro, Técnicas Agrícolas e Destilador de Álcool); funções de apoio (Cuidador de Idosos e de Crianças, Porteiro e Zelador); indústria e infraestrutura (Básico em Eletricista/Encanador e Operador de Caldeira).
Para se matricular, o aluno deve apresentar original e cópia da Carteira de Identidade, CPF, comprovante de endereço, comprovante de escolaridade e conta da Caixa Econômica Federal (somente para os alunos inseridos nos programas sociais ou que comprovarem baixa renda). Estes recebem um incentivo financeiro de R$ 75 por mês.
As aulas iniciam imediatamente nos colégios tecnológicos (COTEC’s) que funcionam nos colégios estaduais José Ludovico de Almeida e Jade Salomão, no centro da cidade, e no ITEGO, que fica no Distrito Agroindustrial de Anápolis (DAIA).

Empregabilidade
Para a diretora do ITEGO Anápolis, Marla Silva Correia, o programa levaqualificação para pessoas que não poderiam pleitear uma vaga no mercado de trabalho, por não terem como comprovar sua formação. Marla informa ainda que, além de pessoas de baixa renda ou que estão desempregadas, agora também atende alunos que passam por medidas socioeducativas. “Hoje temos mão-de-obra valorizada, com isso ganhamos em produtividade”, atesta.
A diretora municipal de Trabalho, Emprego e Renda, Mirna Maria Vieira, ressalta que o objetivo da pasta é promover, coordenar e incentivar políticas públicas de geração de emprego e renda. “Uma parceria que contribui para elaborar políticas de apoio ao primeiro emprego e/ou a permanência do cidadão no mercado de trabalho. Por isso, visualizamos com este programa a possibilidade de ofertar mais cursos de qualificação para os cidadãos que procuram se especializar. São oportunidades que não poderíamos deixar passar”, observa.

Autor(a): Da Redação

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Cidade

Perturbação do sossego, agora, é caso de polícia. É só ligar no 190

18/10/2018

Tendo por objetivo dar mais resolutividade às ocorrências que chegam à Gerência de Licenciamento e Fiscalização Urbana ...

Vida moderna: programa possibilita inclusão digital de idosos anapolinos

18/10/2018

Dezenas de idosos que fazem parte dos programas sociais do Governo Roberto Naves, principalmente os frequentadores do Centro ...

Perturbação do sossego, agora, é caso de polícia. É só ligar no 190

18/10/2018

Tendo por objetivo dar mais resolutividade às ocorrências que chegam à Gerência de Licenciamento e Fiscalização Urbana ...

Novo contrato entre SANEAGO e Município sai nos próximos dias

11/10/2018

Principal tema em debate na reunião da diretoria da Associação Comercial e Industrial de Anápolis na última quarta-feira...